Este site usa Javascript.
Portal do Governo Brasileiro

Mais Educação para Jovens de 15 a 17 anos no Ensino Fundamental

Ter entre 15 e 17 anos e estar fora da escola ou em defasagem idade/ano de escolaridade é a situação de quase a metade da população de jovens brasileiros nessa faixa etária.

Os desafios de uma Política Nacional de Adequação Idade/Ano Escolar para Jovens de 15 a 17 Anos no Ensino Fundamental são identificar e organizar propostas pedagógicas contemporâneas e adaptáveis às diferentes realidades das escolas públicas localizadas nos mais variados contextos brasileiros, a fim de superar os entraves que impedem a regularização do fluxo escolar deste universo de adolescentes e jovens.

Nessa perspectiva, a ação Mais Educação para Jovens de 15 a 17 Anos no Ensino Fundamental visa oferecer a esses jovens atividades diferenciadas e específicas, por meio da construção de Projetos de Vida.

Projetos de Vida

O objetivo da ação Mais Educação para Jovens de 15 a 17 Anos no Ensino Fundamental é de oferecer aos jovens dessa idade, e que se encontram na situação de defasagem idade/ano de escolaridade, atividades diferenciadas e específicas, tendo em vista a regularização do seu fluxo escolar.

Estruturada por meio da construção de Projetos de Vida, que consistem em trabalhos integrados entre as diferentes áreas de conhecimento. Os Projetos de vida têm como meta principal a criação de espaços para: AUTORIA, AUTONOMIA, CRIAÇÃO e PROTAGONISMO dos estudantes.

Espera-se que tais atividades permitam aos jovens nessa faixa etária lançar um olhar sobre suas trajetórias escolares, planejando e executando propostas de caráter investigativo e de organização de ações que lhes assegurem o prosseguimento de seus estudos e a realização de aproximações com o mundo do trabalho.

Como a ação é estruturada como parte integrante do Programa Mais Educação, as escolas que aderirem à ação devem garantir a inclusão jovens estudantes em todas as outras atividades constantes dos Macrocampos escolhidos no momento de adesão. Desse modo, os jovens de 15 a 17 devem participar de todas as atividades oferecidas pela escola no âmbito do programa e suplementarmente aos Projetos de Vida.

Formação de Turmas

A forma de organização das turmas para a realização da atividade proposta (Projeto de Vida) é semelhante à de outras atividades do Programa Mais Educação. Cada turma deve ser formada por 15 estudantes da faixa etária de 15 a 17 anos e, de acordo com esse número, será calculado o valor de ressarcimento para o monitor tutor, por turma. As turmas poderão ser de idades e séries variadas, conforme critérios a serem estabelecidos pelo monitor tutor, em parceria com o professor comunitário da escola.

Monitor Tutor

Recomenda-se, dada a especificidade da ação, que o Monitor dessa atividade seja um professor aposentado ou um estudante de licenciatura, preferencialmente envolvido no programa PIBID.

Sugere–se para as escolas nas quais o número de estudantes de 15 a 17 anos seja pequeno (no máximo 30), que o monitor da atividade Projetos de Vida seja o mesmo que realiza a atividade de Acompanhamento Pedagógico. Sendo assim, o monitor acumularia as duas funções, em horários diferentes.

Materiais de apoio para a realização da atividade

Para a escola que aderir a ação Mais Educação para Jovens de 15 a 17 anos no Ensino Fundamental, é destinado recursos para custeio e capital. Sugere-se que os recursos disponibilizados na categoria econômica de custeio sejam utilizados para proporcionar aos estudantes a visita a espaços de aprendizagem fora da escola (museus, cinema, feiras ou mercados públicos, exposições, atividades culturais – música, artes visuais, teatro e dança – entre outros). Já os recursos disponibilizados na forma de capital poderão ser utilizados para a compra de equipamentos, tais como: dois tablets ou um notebook para uso compartilhado e registro de atividades; ou uma máquina fotográfica digital, dentre outros.

Foi elaborado um material de orientação que servirá de apoio ao trabalho do monitor tutor para a realização das atividades. Este material é composto de sugestões de atividades integradas de várias áreas do conhecimento, bem como orientações para o desenvolvimento de atividades de iniciação científica, denominado Trajetórias Criativas.

Trajetórias Criativas

Caderno 1 - Proposta

Caderno 2 - Trajetória Identidade

Caderno 3 - Trajetória Convivência

Caderno 4 – Trajetória Olhares

Caderno 5 – Trajetória Território

Caderno 6 – Trajetória Memórias

Caderno 7 - Iniciação Científica

© Ministério da Educação. Todos os direitos reservados | Desenvolvimento: DTI - MEC - Governo Federal